em Dicas e curiosidades

Para muitas crianças, cortar o cabelo costuma ser um momento bem complicado. É necessário ficar parado, ambiente estranho e pessoas, que geralmente, elas nunca viram. Agora imagina o que significa esse momento para uma criança com autismo.

O barbeiro canadense Franz Jakob sabe muito bem o que é isso. Ele ficou conhecido depois que uma mãe postou uma foto dele deitado no chão atendendo o seu filho autista.

“Você conhece algum barbeiro que se doa a esse ponto? Meu filho conhece!”. Escreveu a mãe de Wyatt (menina que deixou deitado no chão), Fauve Lafrenière, escreveu no Facebook.

 

O barbeiro atende várias pessoas com autismo e acabou adotando algumas técnicas para conseguir realizar o seu trabalho e deixar os clientes felizes. Por exemplo, ele pede apenas para os pais levarem os filhos no fim do expediente, assim ele consegue fechar a barbearia e dar oferecer um atendimento especial.

“No caso de Wyatt, eu tenho que segui-lo pelo salão para terminar o corte”, contou Franz à rede de televisão canadense CBC. O profissional leva cerca de 75 minutos para cortar o cabelo da criança.   

Ser barbeiro é mais do que cortar e pintar cabelos. É saber entender o próximo, e proporcionar o máximo para deixá-lo feliz.

Postagens Recentes